11 de abr de 2010

ela tinha a sensação que era quase tudo novo.
desde os seus pés até os grãos de areia que se grudavam
no seu sapato velho-novo.
era o coração que respirava todo dia como se fosse novo.
e era.

6 comentários:

Sylvia Araujo disse...

E será sempre.
Que assim seja.

Beijoca

Isa disse...

cada vez que venho aqui
esse blog tá mais bonito.
só que dessa vez se superou.
tá lindo, lindo demais.
e as coisas que tu escreve
me deixam sem palavras.

a primeira estrela disse...

e ele respirou fundo!

Dil Santos disse...

Oi Diana, tudobem?
Querido, lindo. E como disse Sylvia e será sempre.
Então, não estaremos preparados mesmo, por mais fortes q sejamos, nesse momento nos tornamos pessoas mais frégeis.
Um bjo querida
:)

D. Q. M. disse...

não sei se eu tô inventando ou se ouvi por aí, mas "o novo vem do velho e vice-versa". Talvez se tirarmos a pieguice dessa frase ela possa chegar perto de sua linda postagem.

Bjus.

ErikaH Azzevedo disse...

É o amor que renova tudo,
coração renasce todo dia...
e vive, vive vive...
como nunca.

Um bjo Diana

Erikah