16 de ago de 2009

insistir. se deve insistir muito quando há amor. mesmo quando dói. e quando não dói. porque desistir é covardia "e arduamente não desistimos"

9 comentários:

Matheus Nasca disse...

insistir pra existir.
talvez, talvez :*

Aspásia Mariana disse...

insistir...já insisti no amor que já não era mais válido..acho que a gente tem que saber até quando insistir pra que não sejamos o outro.

Anna Flávia disse...

insisto há 6 anos... e dói muitas vezes, mas resisto e insisto. insisto porque há amor.

:)

beijo

Pequena Poetiza disse...

por isso ser sábio para saber quando a hora de desistir não é covardia, mas bravura pra recomeçar.

beijos

Ni ... disse...

Gosto daqui...

Você sabe como colocar sentimentos em palavras..

Vanessa. disse...

Insisti, sim.
Insisti no amor!


:*

Thais Motta disse...

As vezes acho desistir necessário . Mas também acredito no amor . E quando há amor , deve haver insistencia ? Acredito que devemos saber sempre nossos limites . Até onde insistir /desistir nos fará felizes .

Mas amor é sempre amor ..

Gostei das tuas palavras simples .

Um beijo !

Talita Prates disse...

Não acho que toda desistência seja covardia.
Devemos desistir quando há ilusão, não quando há esperança.
Concordo com o pensador romano Sêneca, quando ele diz que "desistir é, às vezes, um ato de sabedoria".

Bjo! =)

Kuriozza disse...

Se há amor, não há porque não insistir.

Força, paz, serenidade..