14 de jan de 2009

reescrevo a carta pela milésima vez. rasgo e depois quero colar tudo outra vez, só pra provar que eu não sou maluca. ou só pra provar que eu posso fazer isso sem ser maluca e nem me importo mais, já sabendo que mais uma vez você não vai me responder. então desisto das cartas. e de não parecer um pouco maluquinha pra você. apenas desisto.

7 comentários:

Wagner Marques disse...

ah, "todas as cartas de amor são ridículas"...

Bruna disse...

"mas ridículo é quem nunca escreveu uma carta de amor"

gabi disse...

da proxima vez redige e move pra caixa de rascunhos. da próxima vez que leres, de repente enxergue ali tudo que um dia devia ter dito mas ficou ali, pra ninguém ler.

gabi disse...

todas as cartas de amor são malucas.
ridículas não.

As verdades esquecidas disse...

o amor é maluco, e ridículo.

Morganna disse...

aí eu penso que cada pedaço de carta tem um coração.

Cleyton disse...

(suspiro)... é sempre assim quando venho aqui.