24 de jan de 2009

cheiro de baunilha com pêssego. sou eu mesma que espalho esse cheiro pela casa vazia e você diz que ainda quer dançar comigo. engulo seco e entendo que agora as coisas mudaram.
"também quero dançar com você"
Toca minha música preferida e eu me sinto única ali no salão,
tão boba que eu sou.
Eu e minhas unhas vermelho-paixão. Boba.

10 comentários:

Morganna disse...

e só o amor faz o bobo.

Davi disse...

ah, bobo é o elogio(!) que me diferencia dos espertos desse mundo de hoje.
Gostei
E os bobos sãos as melhores pessoas( e isso é um elogio).
Abraços.

Boo disse...

dança com ele, boba. (:

Anna Flávia disse...

então dance...
=)
e não ligue se for parecer uma boba. os melhores romances têm seus grandes momentos bobos.

beijo.

Fabi disse...

Que meigo! São essas pequenices que tornam o nosso dia-a-dia mais colorido :)

Niña disse...

Diana...tem um convite pra vc lá no meu blog "Tocando estrelas..."
Dá uma olhadinha.

Bjinho

gabi disse...

eu também sou.

Madame Morte disse...

"e só o amor faz o bobo."[2]

E só quando o amor morre o bobo percebe o quão tolo foi.


"dois aleijados andando de mãos dadas,o amor é lindo,o amor é manco."

Lêda Maria disse...

Dança com ele,mais de uma música,e aproveita pra titar casquinha...rsrsr

Lindo o que escreveu flor :)

João Paulo Guimarães disse...

eu acho que ela dançou.