7 de nov de 2008

Existem manias e manias. a que mais me assola é a vontade de deixar tudo minimamente limpo em dias ensolarados e não chega a ser toc, é só uma mania boa de quando meu coração precisa de uma distração do real. É a pia, o chão, a calçada, os panos de prato, tudo que puder ser limpo, será limpo. O coração não. Nele ainda vai reinar todos aqueles súbitos sentimentos de rejeição de sempre, quem vai saber se é real ou não? Nem mesmo a dona dele saberá e me pego sendo culpada de coisas que eu não fiz. E acredito de olhos fechados que a cabeça da gente é a responsável por tudo. Pela dor e pelo prazer, claro, quem pensa o contrário? E penso que de nada vai adiantar tanta culpa assim, sábados e domingos vão continuar vazios. As segundas feiras cheias de uma preguiça sem fim. As terças quentes e as quartas feiras continuarão a ser o meio da semana ruim. E eu só queria o brand new start, mas continuo limpando tudo sem intervalos, pra ver se limpa por dentro também.

6 comentários:

Bruna disse...

eu acho você tão clean.

Diana Valentina disse...

ah, agora virou toc.
hahaha

O Velho disse...

Limpa sim! Sempre limpa.

Faz fora, que aparece dentro. Mágica?

Nada, pura matemática...

Saudades!

;-)

Aspásia Mariana disse...

eu tenho uns certos tocs e assumo, mas isso pra quem divide a casa com outros é complicado demaaaaaaaaaaaaaais

Diana Valentina disse...

karma police, eu diria.
todo mundo tem manias e manias.
e corações partidos pelo menos uma vez na vida.
=0

w.h. disse...

engraçado, também tenho a sensação que tudo vai melhorar depois de uma hiper-faxina! ai, ai, nosso Senhor tem cada morador, né?